29 de setembro de 2015

Usos e Benefícios do Óleo de Coco Extra Virgem



     Óleo de Coco é realmente uma maravilha pra se ter em casa. Tem uma variedade absurda de utilidades, dura muito tempo (validade), é livre de todos aqueles químicos bizarros que a gente não sabe nem como pronunciar o nome (ex. Dimethicone, crosspolymer, etc...).

Infelizmente, faz uns 3 anos que o Óleo de coco entrou na moda das dietas "Milagrosas", o que deixou o produto mais difícil de encontrar em supermercados comuns e muito mais caro. Aqui por São Paulo, embalagem com 350g, tenho visto em uma faixa de preço que vai de R$ 40,00 a R$ 50,00. Se comparar com o preço anterior, que as embalagens custavam uns R$16 a R$20, é possível sentir a diferença no bolso. Eu optei por comprar o orgânico, apesar de eu acreditar que todo coco é orgânico e não passa por processos químicos, o preço não mudava entre orgânico e não-orgânico.
Dei sorte de passar na rede de supermercados Pão-de-Açúcar esses dias e encontrar numa promoção por R$ 35,00, que mesmo não sendo barato, é mais acessível, e pude enfim comprar! (ok, comprei 3 de uma vez, por que vai saber, daqui a pouco vai estar R$ 70,00 uma unidade!)



     O óleo de coco é uma gordura saturada, ou seja, em temperatura ambiente (até uns 25ºC) ele permanece solido ou ao menos pastoso, apresentando uma cor branca. Em dias mais quentes, ele naturalmente derrete e fica translucido e em sua forma líquida. Esse que eu comprei é extra virgem, por isso, quando esta líquido, o resíduo da extração do óleo se decanta e fica no fundo do pote, parecendo uma fina farinha de coco, que não interfere em nada no produto.
     Tem dado uns dias mais quentes ultimamente, por isso eu costumo deixar o pote na geladeira, tirando uma meia hora antes de usar, pra que dê uma amolecida. Fica realmente duro na geladeira. Você também pode botar por uns 10 segundos no microondas (em um recipiente de vidro ou porcelana) ou fazer banho maria, pra acelerar o processo de liquidificação.

     Tem muita gente que usou o óleo em capsulas, ou misturando em sucos e sopas para emagrecimento. Eu sinceramente não sei como funcionaria esse processo e nem sei se dê fato alguém teve um resultado positivo em relação a esse consumo. Também pode ser usado no lugar de gorduras como óleo vegetal refinado (milho, soja, girassol) ou saturadas (manteiga, margarina, banha animal) para cozinhar . Eu particularmente, não utilizo para nada culinário.

     Vantagens que o óleo de coco tem: 

- Vegano naturalmente - Cuidado com alguns genéricos vendidos mais baratos por ai. Já vi alguns que tinha vitamina D na composição, que pode ser extraída de animais. O verdadeiro óleo de coco, deve ser só e unicamente óleo de coco na composição.

- Se você pode comer, é bom pra sua pele - Não é estranho todos esses produtos de beleza/higiene no mercado serem extremamente tóxicos caso ingeridos ou entrarem em contato com olhos e mucosa?

- Versatil - Em um único produto, você pode fazer uso de diversas formas. Substituí muitos produtos no mercado que são caros, químicos, só servem pra uma coisa e tem validade curta.

     Sobre como usar o óleo de coco:

-Hidratante: É perfeito pra hidratar tudo! Cabelo, pele, lábios, cutículas. O resultado é muito bom, e não é algo que fique melecado na pele. Ele seca rapidinho e você sente a hidratação. Pra usar, você só precisa botar uma certa quantidade na mão (com ajuda de uma espatula ou colher, pra não colocar a mão diretamente no óleo, pois, mesmo tendo propriedades bactericidas, é melhor garantir), se estiver solido, esfregue uma mão contra a outra e o calor vai ajudar a derreter. Dai só espalhar nos cabelos, podendo dormir com o óleo, e lavando no dia seguinte. Pode passar na pele do corpo e rosto. Eu costumo fazer isso depois do banho, antes de dormir. Sempre acordo com a pele bem macia.

- Atenua estrias e cicatrizes recentes: Quando a estria ainda está em tons avermelhados, ou a cicatriz é bem recente, o óleo de coco realmente ajuda. Descobrir isso por acaso. Tenho um lugar na lateral da coxa que surgiu umas novas estrias, e elas estavam lá de boa, já fazia alguns meses, ainda vermelhas. Quando comecei a usar o óleo, em apenas 2 semanas, elas praticamente sumiram! O avermelhado ficou realmente mais fraco, quase imperceptível.

-Removedor de maquiagem: Essa função já descobri a alguns anos. É um dos únicos removedores que não fazem meus olhos arderem. Inclusive, removedores que tem pra vender em lojas de maquiagem e farmácias, específicos para área dos olhos, fazem meu olhos ficarem avermelhados e ardidos.  Na verdade, o único "removedor" alem do óleo de coco, que não me faz mal, é o azeite de oliva. Prefiro o de coco por ser um óleo mais leve, mas fica como dica pra quando não tiver outra opção. 
     Pra usar, pegue uma pequena quantidade na ponta dos dedos e faça movimentos circulares em volta dos olhos e pelo rosto, massageando de leve. Pra tirar, utilize uma toalha umedecida ou um algodão, também umedecido. Depois enxague o rosto, e verifique se toda a make foi removida. Caso contrário, repita o processo onde faltou.

-Base para esfoliação: O óleo de coco tem uma textura ótima pra fazer um esfoliantes facial ou corporal. Vai ajudar a hidratar ao mesmo tempo que remove células mortas. Aqui vai alguns exemplos de misturas pra fazer seu esfoliante caseiro
- Óleo de coco + Borra de café = Esfoliante para pés ressecados e para pernas que sofrem com pelo encravado. A borra de café fica melhor quando foi usada (foi feito o café com ela. Mesmo que você não beba café, a água quente faz os óleos naturais do café soltarem do pó, então faz toda a diferença.
- Óleo de coco + Borra de café (que fica no fundo da xícara/pó fininho) = Esfoliante delicado para rosto e peles sensíveis
- Óleo de coco + Açúcar refinado = Esfoliante para pele do rosto, lábio e corpo. Lembrando que no rosto, a esfoliação deve ser feita sempre de forma delicada, sem usar muita força.
- Óleo de coco + argila em pó = Em vez de usar água, use o óleo de coco para fazer a máscara facial. Ela é naturalmente um esfoliante suave.

- Creme de barbear: Tanto pra rosto, quanto corpo, em vez de usar espuma de barbear, creme ou sabonete, você pode passar o óleo de coco por toda a região que vai ser raspada, e logo depois passar a lamina. O resultado vai ser uma pele mais macia. Ajuda a prevenir coceiras e "bolinhas" avermelhadas.

- Enxague bucal: Não tenho dados científicos que provem que o óleo de coco é eficiente contra cáries. Mas ele é conhecido como bactericida natural, e muita gente usa como enxague bucal. Eu gosto de usar pela manhã. Nunca gostei de escovar os dentes antes do café da manhã, então encontrei uma alternativa. Na dúvida sobre esse procedimento, pergunte a um profissional da saúde bucal.

Atualização - 21/10/2015

- Assaduras: Assaduras nos pés, pernas ou em qualquer outro lugar é algo que pode incomodar bastante. Esses dias tive um pouco entre pernas, e resolvi usar o óleo de coco após o banho, ao invés de usar uma pomada. Fiquei surpresa. Parou de arder rapidamente e no outro dia a pele já estava quase bem melhor, e não ardia mais. Acredito que o óleo de coco, alem de ajudar a cicatrizar, também acalme a pele irritada.

- Desodorante: Por ter poder bactericida, o óleo de coco serve como desodorante, pois inibe a proliferação de bactérias, motivo que leva o suor a ter um cheiro forte. Porem, ele não dura muitas horas, então eu recomendo para situações onde ira suar pouco, e se tiver a possibilidade, passar um pouco mais do óleo a cada hora, de acordo com a necessidade.  Não fica com aspecto oleoso ou grudento, como eu imaginava. Para roupas mais claras, sugiro fazer um teste antes para ver se não marca. Ele também diminui irritações causadas por depilação.

Atualização - 06/12/2015

- Queimadura de Sol: No ultimo domingo de sol, resolvi curtir a Av. Paulista e toda a diversidade de música, arte, pessoas caminhando, picnics e muito mais. Apesar de não estar quente, estava um sol forte, e eu estava com um vestido de alças finas. A noite, quando cheguei em casa me deparei com ombros completamente avermelhados. Resolvi passar o óleo de coco, para ao menos, garantir uma hidratação na área. Logo fui dormir e no outro dia pela manhã meu ombro já estava quase com a cor normal e sem nenhum tipo de ardor. Achei muito bom! Então, entrou como mais uma dica das maravilhas que o óleo de coco pode fazer pela gente!  


     No geral, é dessa forma que eu utilizo o óleo de coco, mas sei que existem muitas outras funções (lustrar moveis, substituto pra shampoo/sabonete, dar brilho no cabelo, controlar frizz, oléo para massagem, etc...).
     Pra mim, basicamente se limita como substituto de produtos de cuidados de pele, cabelo. Se tiver alguma outra dica legal que vale a pena eu conhecer, deixe nos comentários! Sempre bom aprender com outras pessoas que já fazem uso dessa maravilha, que originalmente era da culinária.

Beijos-Beijos e Go Vegan!

4 comentários:

  1. Já tinha lido várias coisas sobre o uso culinário do óleo mas nunca os de beleza. Adorei, pois sou alérgica a tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Eu também tenho sensibilidade com produtos químicos, pra mim como desmaquilante foi a melhor coisa! Um beijo

      Excluir
  2. comprei ontem e estou usando. Obrigada pelas dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quando encontro na promoção, já faço estoque, e uso muito!

      Excluir